Notice: Undefined variable: id in /home/tobetics/public_html/site/doclist-molestia-uma/index.php on line 89

Notice: Undefined variable: id in /home/tobetics/public_html/site/doclist-molestia-uma/index.php on line 119
Moléstia - Doença de Parkinson - - Doença
  1. Home
  2. Doença de Parkinson

Doença de Parkinson

Chamada oficialmente de doença de parkinson, essa condição é caracterizada por uma diminuição na produção de um neurotransmissor chamado dopamina. A dopamina permite que o corpo funcione bem, transportando os impulsos nervosos de um ponto a outro e facilitando os comando emitidos pelo cérebro para que cheguem até outras partes do corpo.

Quando a dopamina não está presente no corpo, há um grande comprometimento no sistema nervoso central, que aumenta conforme os anos passam e afeta todas as áreas do corpo.

Essa doença é cada vez mais comum em idosos e pessoas de idade mais avançada. Conforme a expectativa de vida no País aumenta, os índíces de doença de parkinson também podem acabar aumentando.

O mal de parkinson pode tornar a pessoa inválida porque, conforme avança e compromete o sistema nervoso, ela pode afetar as habilidades da pessoa de viver sozinha, tornando-a dependente de outros indivíduos. No entanto, conforme a Medicina avança, é possível que medicamentos impeçam a rápida progressão da doença.

Causas

mal de parkinson

Tratamento

Existem medicamentos que podem diminuir a progressão da doença de parkinson. Essa é uma condição crônica e será preciso tomar medicamentos por toda a vida.

Também podem ser feitos tratamentos complementares como acompanhamento psicológico e fisioterapêutico, para dar um suporte mais completo ao paciente diagnosticado com tão delicada condição.

Image Description
Pratique atividade física.

Sintomas

De início, os sintomas de doença de parkinson quase não podem ser notados pelo paciente. No entanto, eles evoluem e é preciso procurar ajuda médica.

Entre os principais sintomas de doença de parkinson podemos destacar:



– tremedeiras, em especial nos membros superiores, como os braços;
– lentidão e diminuição na rapidez dos reflexos musculares;
– rigidez nas articulações;
– alterações que acontecem em um único lado do corpo;
– passos mais curtos;
– redução dos movimentos dos braços;
– pessoa que não consegue controlar a saliva e acaba babando;
– pessoa que deixa de piscar naturalmente;
– depressão;
– confusão mental;
– dores musculares; e
– dificuldade para escrever e fazer movimentos que exigem uma maior precisão.